Crianças que brincam com os pais se desenvolvem melhor

Crianças que brincam com os pais se desenvolvem melhor

Que atire a primeira pedra o pai ou a mãe que, após um dia cansativo, nem ao menos pensou em recusar um convite do filho para brincar.

Além de um direito garantido por lei, divertir-se faz bem à saúde das crianças. E quando há companhia, tudo fica melhor: segundo especialistas, responsáveis que dedicam tempo para realizar atividades com os pequenos não só estreitam laços com eles, mas também ajudam no desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional.

— Crianças aprendem mais quando brincam com os pais, porque eles propõem desafios. Mas o mais importante é a formação do vínculo afetivo — diz a psicóloga e pedagoga Elizabeth Monteiro, autora do livro “Criando filhos em tempos difíceis” (Summus Editorial).

Por muitas vezes, a publicitária Patricia Marinho, de 42 anos, deixou-se cair na armadilha do cansaço quando a filha Carolina, hoje com 9, pedia para brincar. Incomodada com o fato de que não conseguia ter prazer na hora de se divertir com a menina, a carioca começou a pesquisar maneiras de aproveitar melhor as oportunidades que tinha.

Dessa inquietação, nasceu o recém-lançado livro “Tempo junto” (Matrix), no qual ela lista cem opções de atividades para pais fazerem com os filhos em qualquer local, do engarrafamento à fila de espera:

— Por meio das brincadeiras, a criança aprende a lidar com frustrações e a se colocar no lugar do outro. Isso constrói um adulto feliz — observa Patricia, mãe também de Gabriela, de 1 ano e 9 meses.

CONTINUE LENDO na GLOBO.COM:
http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/criancas-que-brincam-com-os-pais-se-desenvolvem-melhor-17744453.html#ixzz3pyzrnO33

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest